1 resultados

label/Wake Back To Bed

Procurar
    Trata-se de uma dúvida bem comum. Especialmente para quem tomou conhecimento do assunto faz pouco tempo. Os Métodos mais eficientes e conhecidos são: MILD, Tholey, WBTB, WILD, CAT e DEILD. Sem qualquer ordem de importância ou preferência. Existem diversos outros(também descritos por aqui), mas a maioria é derivada desses.
Escolher o melhor Método para Indução, significa encontrar pela experimentação, qual é mais compatível com  a tua rotina  e características pessoais.

A melhor orientação na escolha da melhor técnica para ter sonhos lúcidos, é buscar aquele que é mais compatível para si. Isso vai ser percebido após algumas semanas. Por volta de um mês, é perfeitamente possível saber se o Método é ou não uma boa escolha. Caso os resultados não tenham aparecido, passe para outro.

Meu caso por exemplo, optei inicialmente pelo Tholey , no qual não fazia direito e tive resultados bons, mas esporádicos. Passei para o MILD e tive alguns bons resultados. Passei para o WBTB(aplicando alguns passos do Tholey junto), no qual tive um belo aumento na frequencia e intensidade, caindo posteriormente. Finalmente acabei voltando para o MILD e sigo atualmente o Tholey, junto com o MILD.

Com a experimentação, no decorrer de algumas semanas até um mês é possível saber, pelos resultados e observações no teu Diário de Sonhos, se o Método escolhido é compatível ou não.

Talvez o ideal para mim seja aplicar o Tholey junto com o WBTB. Mas isso a gente vai experimentando. Minha qualidade de sono vai melhorar bastante agora que tive uma mudança de turno no trabalho(só espero não perder o sono com a falta de grana! kkkkk).

Todos esses Métodos de Indução estão detalhados aqui no blog. Como eu relatei, o segredo é ir experimentando e ver qual deles vai servindo melhor na tua rotina. Considerar a rotina é fundamental. Para aqueles que dependem de uma soneca após o almoço, o WILD pode ser fenomenal. A maioria das minha experiências com WILD foram através de belas sonecas.

Abaixo segue um relato pessoal sobre a maneira como tenho seguido e adaptado essas orientações e Métodos.
.
Resumidamente  a minha aplicação pessoal do Tholey e MILD/WBTB:


“O Tholey eu procuro aplicar SEMPRE.
Seja em alguma fila do supermercado, do caixa-eletrônico, elevador… por aí vai! O grande macete é inicialmente decorar os  5 primeiros passos.
Digo, memorizar os passos e ao mesmo tempo ir praticando. 5x por dia não é muito(mínimo). Repare que o Dr. Tholey deu o 5o e o 6o passos como alternativos.
.
MILD ou WBTB são muito parecidos e podem ser usados em paralelo ao Tholey. Na verdade uso principalmente o horário de acordar dles(após a 6a hora). E procuro anotar algum sonho q talvez lembre, caso não, faço alguma atividade relacionada, lendo algo sobre sonhos ou apenas durmo pensando que vou ficar lúcido. Sem jamais querer forçar ou ficar ansioso com isso.
.
Reality check das mãos e espelhos durante o dia-a-dia. 😉
.
Ao acordar, as anotações precisam ser feitas. Mesmo aqueles sonhos enfadonhos, pelo menos um deles, precisam ganhar um registro para ir exercitando a capacidade de recordação dos sonhos. Sonhos são por natureza extremamente voláteis. 
Basta seguir as dicas de anotação e recordação do blog que muito rapidamente essa habilidade vem forte.