1 resultados

label/Tecnologia para Indução de Sonhos Lúcidos

Procurar

É difícil ter sonhos lúcidos? De acordo com os pesquisadores/cientistas na área e eles são “os caras” que mais correm atrás de sonhadores lúcidos eficientes – pagando até ¢50 euros por noite(laboratório de uma pesquisa da Ursula Voss/Alan Hobson), é difícil conseguir bons sonhadores lucidos.

Imagem do filme Minority Report, baseado num conto do genial Philip K. Dick.

Vejam o caso do Bruno Grego, na pesquisa do Sérgio Rolim. A média dele é de 2 noites com sonhos lúcidos por semana. Considero uma média alta, de sonhador lúcido de grau avançado. Tomei a liberdade de convencionar assim, com base no que vamos encontrando nas pesquisas e num engano comum sobre o que de fato é estar consciente num sonho.

Um engano bem comum é aquele de que dominar a narrativa de um sonho ou realizar feitos mirabolantes, significa que ficou consciente. Parece-me bem mais razoável pensar nisso como “controle”. E controle, como vivo defendendo, é diferente de consciência.

Vou até citar o que comentam dois dos pesquisadores que estão no front dessas pesquisas(Voss/Hobson):

“Nós ficamos surpresos como é difícil reproduzir as ocorrências de sonhos lúcidos para os laboratórios de sono. Do nosso grupo inicial de 20 pessoas que alegavam experimentar a consciência nos sonhos, pelo menos 2x por semana, somente 3 conseguiram a lucidez e apenas UMA vez.(…)”

Imagem extraída da pesquisa dos pesquisadores, Dr(a)(s). Ursula Voss e Alan Hobson. É possível sem maiores explicações, identificar o estado mental Acordardo(WEC), o estado mental de sonho lúcido(Lucid), e o estado de sonho normal em REM.

Imaginem a frustração dos onironautas e dos pesquisadores ao se depararem com essa dificuldade. Apesar das diferenças entre noites de sono num laboratório, cheio de eletrodos e pessoas te observando dormir, comparando com um boa noite de sono no aconchego de casa… os resultados, na minha opinião até que nem foram tão ruins assim.

Fato é que tanto os métodos de indução quanto as tecnologias continuam se desenvolvendo. Nesse ano por exemplo, em meu Diário de sonhos, venho acompanhando uma sensível melhora no índice de ocorrências. É possível que as recentes pesquisas, apontando uma maior eficiência da reunião de elementos, como o propósito/intenção, reflexão e autossugestão tenham me auxiliado a focar uma metodologia mais eficaz.

Referências Bibliográficas/Fontes:

STUMBRYS, Tadas e outros. Induction of lucid dreams: A systematic review of evidence. 2012. Conciouness and Cognition 21.

VOSS. Ursula, HOBSON Alan. Romain Holzmann, Inka Tuin. Lucid Dreaming: A State of Consciousness with Features of Both Waking and Non-Lucid Dreaming.  Fonte: http://www.journalsleep.org/ViewAbstract.aspx?pid=27567

LaBerge, Stephen. Signal-verified lucid dreaming proves that REM sleep can support reflective consciousness Intenational Journal of Dream Research, volume 3, nº 1. pg 26-27 (2010).